segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

E...

De todas as vezes que eu já tentei voar foi nos teus braços que sempre decidi pousar, foram somente neles as vezes em que encontrei mais prosperidade e foram estes os momentos em que a felicidade tomou conta de mim por inteiro. De todos os tempos que já vivi, os tempinhos contigo me trouxeram intensa felicidade, os segundos contigo me fizeram sorrir. De todos os olhos em que já observei apenas os seus contam uma história de como eu posso ser mais feliz, apenas eles conseguem me mostrar um caminho seguro onde eu não tenho medo de partir. De todos os braços que me acalentaram os teus foram aqueles que me trouxeram mais tranquilidade e quase me fizeram ninar por si só.  Só você consegue me fazer sentir tão bem dentre todas as pessoas deste mundo e eu posso estar entre milhões delas, é teu sorriso que eu vou procurar para seguir. De todas as verdades existentes eu sei que essa é a maior de todas: a certeza de te amar *-*

8 comentários:

Renato Sneijder disse...

Amor sentimento puro
quem sabe um dia nao possa escrever assim para alguem :D
beijooo se cuida linda te adoro

Jefferson delavega disse...

Parabéns ai pra vc.curti muito esse seu texto,confesso fiquei sem palavras aki..abraço

Stephane Many disse...

Ahhh' valew
Renato, não foi específico para ninguém ainda
infelizmente ;*

Stephane Many disse...

Valeu Jafferson, espero que não seja a ultima vez a tirar teu folego com textos.
Boa noite (:

Vivian disse...

aaah fala sério, essa é a melhor certeza do mundo *-*'
obrigado por passar no meu blog e desculpe a demora, to correndo aqui (:
Beijos e parabéns pelo blog, é uma graça
:*

Stephane Many disse...

De nadinha (:
Obrigada você
beeijoos

Adilson Guimarães disse...

Meus olhos se passaram por todo o texto mas minha cabeça parou no primeiro parágrafo... "(...)foi nos teus braços que sempre decidi pousar(...)" Porque consciente ou não a gente sempre volta de onde somos, não necessariamente de onde viemos, mas de onde pertencemos... e...

www.catarseonline.blogspo.com

Stephane Many disse...

*-*