segunda-feira, 21 de março de 2011

'Precisar-te'

Gira intensamente um mundo de notícias, soluções e informações, e no pregoeiro do dia em meio a esse furacão de necessidades eu só penso em você. E as palavras fluem de mim, arrepiam a barriga e dão aquela sensação gostosa, inexplicável, inibida, nova, a sensação do 'precisar-te'. Tudo que há de mais perfeito, tem no fundo um 'precisar-te' em si. Igual a flor do campo sente quando é acariciada pela brisa e sente cócegas ao cair do orvalho de suas pétalas, assim como o pássaro ao notar-se livre em meio as enormes ondas do céu. Olvida-se muito, relembra-se pouco dos maus momentos que passou. E mesmo que não se saiba o motivo dessa possessão, alegra-se ao entregar-se tão profundamente. O 'precisar-te' sobe pela barriga e caminha até a nuca arrepiando até levantar cada fio, te envolve como um abraço e te acolhe quente como um cobertor.  Sinta um frio que te aquece, te embrulha e te cerca essa vontade de nadar entre essas emoções que apresentam-lhe a sintaxe perfeita dos opostos em equilíbrio. O 'precisar-te' pode ser o atalho mais próximo para um conto de fadas, talvez  mais perto que se chega ao paraíso, por estar dentro do perfeito, ainda que indeciso.  É assim mesmo, incomum, contraditório e incoerente. 

2 comentários:

João disse...

VC É LINDA =D UMA FOFA TB =D @xoomeni

Carol Naiara e Ju Dantas disse...

O 'precisar-te' pode ser o atalho mais próximo para um conto de fadas, talvez mais perto que se chega ao paraíso, por estar dentro do perfeito, ainda que indeciso.²
aaaaa que perfeito omg , amei aqui mesmo S2
beijos