terça-feira, 2 de novembro de 2010

- Mentiras

Somente palavras e entre elas a vontade de satisfazer a quem se ama. E acima de todas essas vontades a necessidade de se satisfazer. Um ego humano acima do proporcionado pela vaidade de se sentir completo por si só. Os elogios só aumentam sua obsessão por possuir sempre mais e ouvir mumúrios e promessas de sentimentos eternos alimentam essa fome de ter mais.
Seu amor é surreal e suas mentiras demasiadas. Machucam. Ferem. Afasta o que seria o amor sincero e eterno de três anos. Foram lutas, escapes, dramas, lágrimas. Todas as palavras escritas com amor e borradas em lágrimas de mentiras.

Não é irônico? Nós ignoramos quem nos adora e adoramos quem nos ignora; amamos aqueles que nos machucam e machucamos aqueles que nos amam. 

4 comentários:

furto disse...

tem q comentar aki senao ela nao escreve
como ja tinha t dito nao gostei :P
+ vc tem potencial e vai me surpreender no proximo :D
beijaoooo botafoguense do sorriso lindo

Stephane Many disse...

Siim, sim. Tem um número mínimo (: ~
haushaushaushas
msm nem tendo gostado, agradeço.
meus pensamentoos ficaram bastante atravessados por aqui -

beijo e bgd por me deixar SUPER sem graça *-*

furto disse...

Uai t deixei sem graça
adoro mulheres vermelhinhas rs
brincando
agora quero v oq vai escrever :D

Stephane Many disse...

Ppode deixar
O próximo vai ser bem melhoor ;D